Bem vindo ao nosso site

Home » Cultura » Acessibilidade em Bibliotecas Públicas (MinC)

A iniciativa do Ministério da Cultura, realizada a partir de 2013, teve como ênfase a atuação junto ao Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) para a construção de políticas públicas de acessibilidade em bibliotecas. A mobilização, que envolveu a participação em diversos eventos, atuou pela inserção da pauta no campo da política do livro, leitura e bibliotecas.

Foram selecionadas dez bibliotecas das cinco regiões do Brasil – nas cidades de Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Manaus, Rio Branco, Salvador, São Luís e Vitória, envolvendo ações de formação continuada sobre conceitos e práticas de acessibilidade e inclusão e estratégias de planejamento, além de materiais de comunicação acessíveis.

Vinte e cinco livros em múltiplos formatos foram produzidos para este projeto, com Libras, narração, audiodescrição, Daisy, texto em leitura fácil, letra ampliada, letra ampliada com contraste, entre outros disponíveis em formato audiovisual acessível. Como destaque “O Pequeno Príncipe” foi disponibilizado em edição física, em um kit composto por DVD, CD e livro de Leitura Fácil em papel.

Foram as primeiras produções em Leitura Fácil no país, uma conquista que amplia as possibilidades de acesso à leitura por qualquer pessoa, independentemente das capacidades linguísticas ou cognitivas do leitor. A seleção dos títulos aconteceu a partir de lista de clássicos universais em domínio público e ganhadores do prêmio Fundação Biblioteca Nacional e do Prêmio Jabuti.

Também foi entregue às bibliotecas participantes outros 300 livros acessíveis já publicados, além de um conjunto de equipamentos de Tecnologia Assistiva – como impressora braille, teclado colmeia, linha braille, scanner com sintetizador de voz, software leitor de tela e lupa eletrônica, que asseguram o acesso às outras obras.


Eixos de trabalho


Materiais